Os lançamentos da Revestir 2014 | aU - Arquitetura e Urbanismo

Tecnologia

Especial Revestir 2014

Os lançamentos da Revestir 2014

Por Camila Berto Tescarollo
Edição 240 - Fevereiro/2014
Foto: Leonardo Finotti
O porcelanato de 5 mm de espessura da Portinari foi a especificação do Mareines + Patalano Arquitetura para a recepção e a área de convivência do escritório da Rexam, no Rio de Janeiro. Contrastando com a opacidade do carpete do restante do prédio, as grandes placas de 1,8 m x 0,9 m conferem brilho e amplitude às áreas, além de suportar o grande tráfego de pessoas. Nesta área comum, um ambiente em que é permitido consumir alimentos, a opção pelo porcelanato se deu pela facilidade em higienizá-lo

Pedras

Clássico nas áreas externas, a pedra ganhou seu status de elegância e robustez também no interior dos ambientes. "A pedra está sendo usada em outros lugares, e passou de um revestimento bruto para um revestimento totalmente aplicável na sala, por exemplo", conta a arquiteta Luciana Araújo.

A também arquiteta Maria Jocelei Steck concorda: "O uso de pedras nos pisos está voltando, tanto em deques na área externa quanto em salas no interior da casa", afirma. Maria destaca a versatilidade do material, que pode ser combinado facilmente com outras pedras, com concreto e outros revestimentos. Apesar de ser inspiração para as estampas das cerâmicas que procuram reproduzir materiais, a pedra natural ainda tem seu espaço dentro das casas. As marcas oferecem diversas tonalidades de granitos e mármores, inclusive em tons de azul, além de basalto italiano. A linha imitativa aparece nas superfícies de quartzo, que simula outras pedras e elementos da natureza. Por fim, a pedra sabão retorna aos interiores das casas e se mostra uma alternativa mais barata se comparada ao mármore para a confecção de pias, bancadas e painéis. "Ela ficou em desuso, assim como a ardósia, mas agora voltou com toda força tanto na versão polida quanto na rústica", afirma Luciana.

"A pedra-ferro foi trazida do Paraná e, junto com a iluminação, cria uma atmosfera diferente para quem vive na casa"
Maria Jocelei Steck,
arquiteta


Foto: Sergio Israel
No projeto da Steck Arquitetura, um muro revestido de pedra-ferro filetada marca o final da casa e a entrada para a escada que dá acesso ao piso superior. A superfície da face interna é marcada por nichos de diferentes tamanhos, iluminados por spots de luz, que realçam a textura e o efeito de profundidade do material

Banheiros e cozinhas


Foto: Maíra Acayaba
Criar uma caixa de luz foi o conceito que direcionou o escritório Superlimão para projetar o banheiro de um apartamento antigo em São Paulo. Todos os elementos são feitos de concreto, inclusive o banco, a cuba e as prateleiras sob ela, com revestimento em epóxi. Para quebrar o tom monocromático, a tubulação aparente de aço inox aparece em toda a parede, inclusive nas torneiras. Usado em indústrias químicas, o material é resistente à corrosão e à umidade

Assim como nos revestimentos, o aperfeiçoamento da tecnologia é o destaque para os produtos e equipamentos em banheiros e cozinhas. Os sistemas de economia de água e energia agora contam com chuveiros autolimpantes e duchas com fechamento automático.

Norteiam os projetos a praticidade e otimização de tempo e espaço. Tanto os revestimentos quanto as linhas de metais se adaptam melhor a ambientes com umidade e oscilação de temperatura, como ocorre em cozinhas e banheiros. O arquiteto Lula Gouveia, do Superlimão, cita as tintas super-resistentes como nova alternativa para os espaços molháveis.

O arquiteto ainda menciona os materiais à base de resina como uma alternativa para o piso das cozinhas. "As resinas que estão sendo lançadas evitam trincas e permitem fazer grandes panos sem rejuntes, o que fica esteticamente bem bonito", sugere.

As cores, por sua vez, aparecem em todos os elementos dos ambientes: piso, paredes, louças e metais.

Tons de rosa, laranja e amarelo são algumas das opções para as cubas. As torneiras também ganham versões coloridas e despontam as linhas assinadas, consolidando seu status como objeto de design.

"Queríamos que o projeto fosse todo de uma cor só, tanto que colocamos uma película colorida na janela para acentuar a cor. Sumimos com os elementos, e o inox da tubulação foi pensado justamente para aparecer"
Lula Gouveia, arquiteto


PÁGINAS :: << Anterior | 1 | 2 | 3


Destaques da Loja Pini
Aplicativos