Com arquitetura paramétrica, SUBdV mistura tecnologia de projetação com assentamento manual de blocos de concreto em anexo de fábrica de brinquedos de Taboão da Serra, SP | aU - Arquitetura e Urbanismo

Edifícios

Com arquitetura paramétrica, SUBdV mistura tecnologia de projetação com assentamento manual de blocos de concreto em anexo de fábrica de brinquedos de Taboão da Serra, SP

Por Ursula Troncoso Fotos Rodrigo Chust
Edição 252 - Março/2015

Ouvimos com frequência o termo arquitetura paramétrica, mas poucos sabemos, de fato, o que é e como se dá na prática. O que é podemos explicar: é a arquitetura, ou o desenho arquitetônico, que se origina por dados diversos, - carta solar, ventos predominantes etc. -, gerando um desenho final que leva em conta essas informações e parâmetros. Podemos esquecer o tradicional esquema planta, corte e fachada, já que programas de computação analisam as variáveis que você quiser colocar em jogo para criar volumes e planos - geralmente a partir de um módulo construtivo -, que levam em consideração as informações selecionadas. Na maioria das vezes, essas informações dizem respeito ao ambiente do entorno do projeto, em outros casos, são simplesmente estéticas, e visam a produzir um efeito gráfico.

Certo, mas e na prática? Essa é a pergunta que a equipe do escritório SUBdV tenta responder. Atuando no Brasil, com sede em São Paulo, mas com um pé em Londres, na Architectural Association (AA) - universidade onde são professores e conduzem cursos de extensão -, os sócios Franklin Lee e Anne Save de Beaurecueil abordam esse problema tanto no ambiente acadêmico quanto no dia a dia do escritório. Eles desenvolvem o que chamam de metodologia high-low: utilizar os métodos mais avançados de computação gráfica e interpretação dos parâmetros no desenho arquitetônico, e combiná-los com uma maneira simples de construir, utilizando mão de obra não especializada e matéria- -prima barata. Eles entendem que, para ampliar a prática da arquitetura paramétrica no Brasil, têm de levar em conta essas questões. Além disso, este é um ótimo campo para pesquisa e desenvolvimento.

Conteúdo exclusivo para assinantes da revista aU - Arquitetura e Urbanismo

Outras opções



Destaques da Loja Pini
Aplicativos