Mareines+Patalano projeta escola Mopi, no Rio de Janeiro, em três fases, com conexão com o entorno e sistemas sustentáveis | aU - Arquitetura e Urbanismo

Edifícios

Mareines+Patalano . Rio de Janeiro, RJ . 2007/2015

Mareines+Patalano projeta escola Mopi, no Rio de Janeiro, em três fases, com conexão com o entorno e sistemas sustentáveis

Por: Francesco Santoro Fotos: Leonardo Finotti
Edição 255 - Junho/2015

A escola primária Mopi fica situada no bairro residencial de Itanhangá, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. O projeto desenvolvido pelo escritório Mareines+Patalano teve três fases a partir de 2007, com um programa inspirado na filosofia educacional e na preocupação ecológica dos clientes, com os quais já haviam colaborado em uma reforma do colégio Mopi no bairro da Tijuca, Centro do Rio.

Adotando a metodologia pedagógica da escola de criar conhecimento por um processo criativo, os arquitetos Ivo Mareines e Rafael Patalano focaram a atenção na implantação do edifício, a partir da relação direta com o contexto natural.

Conteúdo exclusivo para assinantes da revista aU - Arquitetura e Urbanismo

Outras opções