Obcecado pela cultura digital, Guto Requena conta seus novos sonhos e projetos - de bancos de praça que revelam segredos a joias desenhadas pelas nossas emoções | aU - Arquitetura e Urbanismo

Entrevista

Obcecado pela cultura digital, Guto Requena conta seus novos sonhos e projetos - de bancos de praça que revelam segredos a joias desenhadas pelas nossas emoções

Por Lidice-Bá
Edição 273 - Dezembro/2016
 

Ayla Hibri

Ciborgue vem da união das palavras 'organismo' e 'cibernético'. Guto Requena se declara um arquiteto ciborgue. Seu esforço consiste em, por meio da arquitetura e do design, buscar o que existe de humano na tecnologia. E vice-versa. Talvez por explorar esses novos campos e romper com antigos paradigmas, ele tenha se tornado um dos mais conhecidos e premiados arquitetos brasileiros no exterior. Representa a geração que deixou o modernismo duro de Oscar Niemeyer para trás.

Requena nasceu em Sorocaba, no interior paulista, no dia 27 de novembro de 1979. É formado em Arquitetura e Urbanismo pela USP, a mesma universidade onde concluiu seu mestrado (tema de sua dissertação: Habitar Híbrido - Interatividade e Experiência na Era da Cibercultura). Seu foco são as tecnologias digitais, os novos modos de vida, a memória afetiva e a compreensão da cultura brasileira.

Por nove anos, Requena foi pesquisador do grupo Nomads.usp (Núcleo de Estudos de Habitares Interativos da USP, em São Carlos). Estagiou com o arquiteto americano Greg Lynn. Tem influência de outros nomes importantes, como os holandeses Lars Spuybroek e Kas Oosterhuis, além do japonês Tokujin Yoshioka. Já fez palestras em Nova York, Milão, Beirute, Paris, Istambul, Moscou, Dubai, Cidade do México, Santiago, Cidade do Cabo, Pequim, Bangoc, Miami e Londres. Escreveu por dois anos uma coluna sobre arquitetura, design e urbanismo na Folha de São Paulo. Ganhou prêmios como 'O Melhor da Arquitetura - 2010'; 'BID - Bienal Iberoamericana di Deseño 2012'; e o 'Archdaily - Building of the Year 2014' - esse último com o projeto da sede brasileira do Walmart.com.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista aU - Arquitetura e Urbanismo

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.