Coletivo Boa Mistura volta ao Brasil e realiza intervenção paisagística com trabalho cromático em favela da Vila Brasilândia, na capital paulista | aU - Arquitetura e Urbanismo

Urbanismo

Boa Mistura. São Paulo, SP. 2017

Coletivo Boa Mistura volta ao Brasil e realiza intervenção paisagística com trabalho cromático em favela da Vila Brasilândia, na capital paulista

Carine Savietto
Edição 280 - Julho/2017

As criativas intervenções urbanas assinadas pelo coletivo de jovens artistas espanhóis Boa Mistura possuem duas principais marcas registradas: são extremamente coloridas e têm o objetivo de transformar as ruas e criar, ou fortalecer, vínculos entre as pessoas que nelas circulam. E foi pensando em levar essa dose de cor e positividade ao cotidiano da Vila Brasilândia, bairro de periferia localizado na Zona Norte de São Paulo, que o grupo criou o projeto Luz nas Vielas, uma inspiradora série de palavras inscritas nos muros da comunidade.

A intervenção teve início em 2012, quando foram feitos os grafites 'amor', 'beleza', 'doçura', 'firmeza' e 'orgulho'. Cinco anos depois, no início de 2017, o coletivo desembarcou novamente na Brasilândia: dessa vez, para levar 'mágica' e 'poesia' ao local. A fim de realizar o trabalho, o grupo se valeu da técnica artística conhecida como anamorfismo, que oferece ao observador apenas uma opção de ponto de vista para a visualização da imagem com clareza: tal qual uma ilusão de ótica, de qualquer outra perspectiva o desenho se revela deformado e incompreensível. Não apenas as paredes, mas também as portas e janelas das vielas ganharam um banho de cores fortes para destacar as palavras tingidas de branco.

Conteúdo exclusivo para assinantes da revista aU - Arquitetura e Urbanismo

Outras opções



Destaques da Loja Pini
Aplicativos