Abrigo temporário ganha prêmio Designs of the Year, do Museu de Design de Londres | aU - Arquitetura e Urbanismo

Edifícios

Notícias

Abrigo temporário ganha prêmio Designs of the Year, do Museu de Design de Londres

Trabalho de Johan Karlsson, Dennis Kanter, Christian Gustafsson, John van Leer, Tim de Haas e Nicolò Barlera é facilmente montado e transportado

Luísa Cortés, do Portal PINIweb
27/Janeiro/2017

O projeto Better Shelter (Melhor Abrigo, em português) foi selecionado como vencedor na categoria Arquitetura do prêmio Beazley de Design do Ano, do Museu de Design de Londres. De autoria de Johan Karlsson, Dennis Kanter, Christian Gustafsson, John van Leer, Tim de Haas e Nicolò Barlera, o trabalho consiste em um abrigo temporário mais seguro e digno àqueles que o necessitam, deslocados por conflitos ou desastres naturais.

A proposta possui uma porta de entrada que pode ser trancada e uma parede com energia solar capaz de fornecer luz ao ambiente ou carregar um telefone celular, além de ser facilmente montada (em cerca de quatro horas) e transportada.

“O ‘Melhor Abrigo’ avança em um dos problemas definitivos no momento: o de prover abrigo em uma situação excepcional, causada por violência e desastre. Infelizmente, temos visto recentemente muitas instâncias em que os abrigos temporários foram necessários. Garantindo não só um design, mas uma fabricação e distribuição segura faz esse projeto relevante e, inclusive, otimista. Ele mostra o poder do design para responder às condições em que estamos e transformá-las. Inovador, humanitário e implementado, o ‘Melhor Abrigo’ tem tudo o que o Design Inovador Beazley do Anod deve ter”, disse a Dr. Jana Scholze, professora associada da Universidade de Kingston.

O Melhor Abrigo bateu projetos como a Fundação Prada, do OMA; o Harbin Opera House, do MAD Architects; o VIA 57 West, do Bjarke Ingels Group (BIG); o Tate Modern Switch House, de Herzog & de Meuron, e o Arena for Learning, do Grafton Architects, entre outros.

Os vencedores nas demais categorias foram: OpenSurgery, do Laboratório de Design de Kyoto do Instituto de Tecnologia de Kyoto em Digital; Children vs. Fashion, de alunos da Escola La Rioja, de Madrid, em Moda; ★ (Blackstar), de Jonathan Barnbrook, em Gráfico; Space Cup, de Andrew Wollman, em Produto; e Lumos, de Eu-wen Ding e Jeff Haoran Chen, em Transporte. Eles foram selecionados dentre 70 nominações, e estarão em exposição no Museu de Design de Londres até o dia 19 de fevereiro.

A premiação acontece anualmente e tem sua exposição no Museu de Design de Londres.

Leia mais:

OMA, BIG e Herzog & de Meuron estão entre os finalistas do prêmio Designs of the Year 



Destaques da Loja Pini
Aplicativos