Estudantes de Santa Catarina ganham concurso de ideias para o Pavilhão Projetar.org | aU - Arquitetura e Urbanismo

Edifícios

Notícias

Estudantes de Santa Catarina ganham concurso de ideias para o Pavilhão Projetar.org

Propostas deveriam criar um espaço para a realização de mesas redondas, apresentações e outras atividades extracurriculares na área de arquitetura

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
10/Maio/2017

Os estudantes Artur Bernardini, Julia Schneider de Lima, Guilherme Kretzer Trindade e Mariah Vieira Mafra, da Universidade Vale do Itajaí (Univali), e Mikaella Schvambach, do Centro Universitário de Brusque (Unifebe), em Santa Catarina, venceram o concurso de ideias do portal Projetar.org para um espaço da instituição a ser instalado nos campi de universidades de arquitetura. Ao todo, houve 166 inscrições.

A competição buscava um pavilhão efêmero, onde mesas redondas, apresentações e atividades extracurriculares pudessem acontecer. "[O portal] pretende promover e participar de eventos in loco para discutir o futuro da profissão, as dificuldades do presente, e outros temas que permitirão à Projetar.org entender a realidade de cada região e ser mais efetivo nos futuros concursos”, disse a organização do certame.

A proposta do grupo vencedor traz um modelo em formato de casa, que pode ser utilizada de diferentes formas e ser inserida em diversos campi do Brasil. A estrutura proposta é um pórtico extrudado, que cria um espaço vazio no seu interior, permitindo a apropriação livre pelos estudantes. A arquitetura possibilita, ainda, a ventilação e iluminação natural do pavilhão.

Para o jurado Caio Dias, “a inserção no espaço foi muito feliz pois permite dialogar de forma harmônica com os diferentes campi Brasil afora”. O jurado Olavo Neto acrescentou que a proposta faz boa referência à casa, ao "abrigo".

Já a equipe que conquistou o segundo lugar é composta pelos alunos Leonardo Falcão, Miguel Angel Carrasco e Pedro Morais Vasconcelos da Cunha, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O modelo apresenta a característica “do it yourself”, que permite que cada universidade insira sua identidade na reprodução do projeto.

O terceiro lugar, por sua vez, ficou com o grupo da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), de Porto Alegre, composto pelos estudantes Caio Diniz de Farias, Rodrigo Rosa de Assis Brasil e Juliano Bohrer. A ideia foi criar um espaço de fácil reprodução que se destaca por sua arquitetura elegante.

Receberam menção honrosa o projeto das alunas Daniela Sopas e Bruna Espindola Gomes, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, de São Paulo, que se destacou por criar um terraço acessível por rampa, além do foyer e da sala multiuso, permitindo uma apropriação diferente pelos usuários; e o estudante Huggo Fernandes de Brito, da UFRJ, que também propôs um projeto com conceitos de modulação e que pode ser reproduzido em qualquer campi.



Destaques da Loja Pini
Aplicativos