Primeiro edifício próprio da Google fora dos Estados Unidos terá assinatura do BIG e Thomas Heatherwick | aU - Arquitetura e Urbanismo

Edifícios

Notícias

Primeiro edifício próprio da Google fora dos Estados Unidos terá assinatura do BIG e Thomas Heatherwick

Kings Cross Campus, em Londres, terá um jardim no terraço e espaços de trabalho claros e arejados

Da redação da PINIweb
2/Junho/2017

O projeto para o primeiro edifício da Google fora dos Estados Unidos foi encaminhado na última quinta-feira (1º) pelo escritório Bjarke Ingels Group (BIG) e por Thomas Heatherwick para aprovação do Conselho de Camden, em Londres, na Inglaterra. Chamado de King’s Cross Campus, o prédio terá 11 andares e cerca de 93 mil metros quadrados.

A arquitetura propõe a criação de ambientes de trabalho em cascata. "Ao abrir o piso térreo e ativar a paisagem do telhado, os espaços de trabalho claros e arejados são intercalados entre os jardins que conversam com o terraço", diz Bjarke Ingels. A construção vai utilizar matérias-primas provenientes do programa de materiais saudáveis da Google.

Britânico, o arquiteto Thomas Heatherwick destacou a localização do edifício, King's Cross, que abriga estações ferroviárias, estradas e canais. "Influenciado por esses arredores, tratamos este novo edifício para o Google como uma infraestrutura também, feita a partir de uma família de elementos intercambiáveis que garantem que a construção e seu espaço de trabalho se manterão flexíveis nos próximos anos", explica.

O King’s Cross Campus será combinado com o edifício atual na 6 Pancras Square e um terceiro prédio adicional, podendo hospedar sete mil funcionários da Google. Se aprovada, a construção está prevista para começar em 2018. 

Leia mais:

BIG e Thomas Heatherwick finalizam projeto do novo campus do Google na Califórnia



Destaques da Loja Pini
Aplicativos